Comércio do DF declara guerra às feiras de curta temporada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 1 de junho de 2003 as 16:23, por: cdb

Representantes do comércio do Distrito Federal declararam guerra às cerca de 15 feiras itinerantes que vêm de outras cidades para curtas temporadas em Brasília e não pagam impostos. A disputa por clientes com as mais de 60 feiras regularizadas existentes no DF, onde os preços são mais caros devido aos impostos, está provocando queda nas vendas.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes do Distrito Federal (Sindifeira-DF), Valdenir Machado, pede o cumprimento de uma lei distrital que cobra impostos das feiras itinerantes e deixaria o comércio mais igualitário. Segundo Valdenir, as feiras itinerantes não produzem empregos na cidade.

– Esse pessoal que vem de fora traz um grande prejuízo ao comércio estabelecido que paga impostos em Brasília – acrescentou.

Valdenir garantiu ainda que se o governo não tomar providências uma grande manifestação vai ser realizada na região administrativa de Taguatinga (cidade satélite no Distrito Federal), com a participação de até 10 mil comerciantes, de ambulantes a gerentes de lojas de shoppings, que estão indignados com a situação.