Começou a construção da Beagle 2 a sonda européia que irá a Marte

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de agosto de 2002 as 10:27, por: cdb

Engenheiros europeus iniciaram a construção da Beagle 2, uma sonda espacial que pretendem enviar a Marte em 2003, em uma missão de seis meses. A sonda examinará rochas, perfurará o solo e analisará o ar em busca de matéria orgânica e outros compostos químicos relacionados à existência de vida, como o metano atmosférico, segundo os autores do projeto.

A Beagle 2, cujo nome foi inspirado no da embarcação HMS Beagle, de Charles Darwin, partirá com a Mars Express, uma nave da Agência Espacial Européia que dará voltas em torno do planeta vermelho.

“Quando a sonda chegar a seu destino, no final do próximo ano, esperamos poder responder finalmente à eterna pergunta: há ou houve vida em Marte?”, declarou Colin Pillingir, um cientista britânico que participa do projeto. A construção da Beagle 2 começou no final de junho, em um laboratório da Open University, da Grã-Bretanha, sob rigorosos controles ambientais e procedimentos de esterilização.

“A sala de montagem manterá a Beagle 2 livre de microorganismos terrestres e outras formas de contaminação”, explicou Pillingir, um professor da Open University. Todas essas precauções visam a evitar que as naves transportem microorganismos que possam vir a sobreviver em Marte. “Não queremos contaminar os planetas que visitamos”, explicou John Bennett, outro integrante da equipe do projeto.

Alguns cientistas suspeitam, no entanto, que isso já poderia ter ocorrido, dado que muitas sondas russas e norte-americanas foram enviadas a Marte nas últimas três décadas. A Beagle 2 deve aterrissar na superfície marciana no final de dezembro de 2003, quando a Nasa (a agência espacial dos Estados Unidos) também espera enviar ao planeta outras naves para estudos científicos.

Em cerca de seis meses, a Beagle 2, já concluída, se juntaria à Mars Express em uma viagem ao cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, de onde seriam lançadas em maio ou junho de 2003.