Colin Powell disse para Arafat não fazer nada que impeça processo de paz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de junho de 2003 as 20:05, por: cdb

O secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, aconselhou nesta terça-feira o líder da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, a não fazer nada que possa travar o processo de paz entre israelenses e palestinos.

– Se Arafat quiser estragar tudo, ou tentar estragar tudo, espero que ele tenha que enfrentar a resistência de todos os dirigentes árabes que segunda-feira estiveram aqui e que tais atividades suscitem igualmente a resistência da comunidade internacional – declarou Powell, numa conferência de imprensa no final da cimeira de Charm el-Cheikh, no Nordeste do Egito.

– Arafat não esteve aqui e o primeiro-ministro (Mahmud) Abbas esteve. E nós indicamos claramente que pensamos que é necessária uma direção (palestina) transformada. Vimos essa direção transformada nesta terça com o primeiro-ministro Abbas, o ministro das Finanças (Salam) Fayad e outros membros do novo governo – sublinhou o chefe da diplomacia norte-americana.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, reuniu-se hoje em Charm el-Cheikh com o chefe do executivo palestino, Mahmud Abbas, e quatro dirigentes árabes: o presidente egípcio, Hosni Mubarak, anfitrião do encontro, o rei Abdallah II da Jordânia, o rei Hamad do Bahrein, e o príncipe herdeiro saudita, Abdallah bin Abd al- Aziz.