Código Florestal: ambientalista diz que não quer inviabilizar produção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de março de 2011 as 10:15, por: cdb

O ambientalista Raul Telles do Valle, representante do Instituto Socioambiental (ISA) em audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, disse que a fiscalização abusiva com base no Código Florestal é um equívoco. “Ninguém quer ver os produtores rurais multados, impedidos de produzir”, afirmou, ao defender avanços em dispositivos técnicos e econômicos de incentivo, conforme o relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

No entanto, Valle criticou alguns pontos do relatório, como o que prevê dispensa da obrigação de recuperação de áreas de preservação permanentes (APPs) desmatadas (uso consolidado) até 2008.

Em relação ao argumento de que a recuperação de APPs significaria acabar com a produção agrícola em milhões de hectares, Valle afirmou que pesquisas feitas por organizações não governamentais dão conta de que as porcentagens de áreas produtivas que integram as APPs são muito pequenas. “Esse estudo mostra que, em Bento Gonçalves (RS), por exemplo, a produção de uva ocupa apenas 1% das áreas de preservação. O mesmo ocorre com as áreas produtoras de café em Três Pontas (MG), onde apenas 2% estão em APPs”, disse.

A reunião está sendo realizada no plenário 2.

Continue acompanhando esta cobertura

Tempo real:10:38 – Começa audiência sobre alterações no Código Florestal08:40 – Código Florestal: comissão discute nesta manhã relatório de Aldo RebeloReportagem – Murilo Souza
Edição – Juliano Pires