Clubes cariocas reclamam das cotas de Tv

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de janeiro de 2003 as 13:02, por: cdb

A divisão das cotas de televisionamento do Campeonato Carioca deste ano, oficializada na noite desta quinta-feira, em reunião na sede da Federação do Rio, desagradou os dirigentes de Botafogo e Flamengo.

A Globo Esportes vai desembolsar R$ 4 milhões, divididos da seguinte maneira entre os quatro grandes clubes: Flamengo e Vasco recebem R$ 890 mil cada, enquanto Botafogo e Fluminense têm direito a R$ 790 mil, cada.

Enquanto o presidente do Glorioso, Bebeto de Freitas, manifestava o seu descontentamento na reunião, evitando fazer o mesmo publicamente, o vice-jurídico do Rubro-negro, Michel Assef, bradava contra a cota do rival.

“É indiscutível que o Flamengo é o clube com mais apelo e, por isso, saiu prejudicado na divisão. O Botafogo está na segunda divisão e só terá um jogo em tv aberta, enquanto o Flamengo terá três”, afirmou Assef.

Dentre os clubes pequenos, Bangu e Americano ficaram com a maior fatia do bolo, recebendo R$ 170 mil, cada. A Cabofriense, que subiu este ano para a primeira divisão, receberá R$ 60 mil, a menor cota.