Cientistas afirmam que música pode ajudar pacientes com dores crônicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de maio de 2006 as 22:53, por: cdb

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos confirmou que ouvir música pode ter um efeito positivo sobre pessoas que sofrem de dores crônicas. A equipe de pesquisadores testou os efeitos de música em 60 pacientes que há anos sofriam de dores crônicas.

De acordo com o estudo, divulgado pela publicação especializada Journal of Advanced Nursing, a redução dos níveis de dor daqueles que ouviam música foi 21% superior do que a dos que não ouviam. O índice dos que sentiam depressão em decorrência da dor crônica também diminuiu 25%, enquanto que o índice dos que não escutavam música com regularidade permaneceu inalterado.

Os participantes da pesquisa foram pessoas que que vinham sofrendo de condições como osteoartrite, problemas de disco e artrite reumática há mais de seis anos.

Ouvintes e não-ouvintes

A maior parte dos pesquisados relatou que a dor atingia mais de uma parte de seus corpos e era contínua. Dentre eles, algums ouviam música música através de fones de ouvido durante uma hora por dia, enquanto que o restante não compartilhava do mesmo hábito. Entre os que ouviam música, metade era capaz de escolher suas músicas favoritas e os demais podiam escolher a partir de uma lista de cinco fitas relaxantes oferecidas pelos pesquisadores.

– Nossas conclusões mostraram que ouvir música tinha um efeito estatístico considerável nos dois grupos, reduzindo sensações de dor, depressão e incapacidade e aumentando sensações de poder. Portanto, qualquer coisa capaz de aliviar a dor é bem-vinda – afirma a dra. Sandra Siedlkecki, da Cleveland Clinic Foundation, instituição por trás do estudo.

Uma pesquisa anterior publicada na mesma revista que divulgou o recente estudo já havia revelado que ouvir música suave durante 45 minutos antes de dormir pode aumentar o sono em até um terço.