Cícero Lucena ressalta Campanha da CNBB em prol da saúde pública 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 15:31, por: cdb

Em seu discurso nesta terça-feira (27) o senador Cícero Lucena (PSDB-PB) ressaltou o tema da Campanha da Fraternidade deste ano – Fraternidade e Saúde Pública, que tem como lema “A saúde se difunda sobre a terra” – lançada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O parlamentar propôs aos seus colegas que não sejam “meros expectadores do cenário de guerra” em que se transformou o Sistema Único de Saúde (SUS) no país.

– Nesse momento, esperam na fila do hospital para preencher uma ficha de atendimento na incerteza de serem atendidos; aguardarem uma ambulância sem saberem quando serão atendidos. Infelizmente essa é a radiografia da saúde pública – lamentou o parlamentar.

Cícero Lucena recordou que quando foi prefeito de João Pessoa implantou programa de fornecimento de medicamentos de uso contínuo para a população de baixa renda, que, à época, beneficiou, cerca de 20 mil pessoas. No Senado, apresentou projeto de idêntico teor, já aprovado, e que se encontra em exame na Comissão de Seguridade Social e da Família da Câmara dos Deputados desde 2007.

A Campanha da Fraternidade deste ano, ressaltou o senador, chama a atenção para a importância da gestão da saúde, do compromisso dos gestores com a aplicação efetiva dos recursos e para a falta de planejamento na aquisição de medicamentos que acabam sendo jogados fora por estarem com a validade vencida.

– É inconcebível remédios vencidos na rede pública com tantas pessoas nas filas em busca de medicamentos – lamentou.

Saúde na Família

Cícero Lucena também chamou a atenção para a necessidade de reformulação do programa Saúde na Família, que considera fundamental como programa de prevenção de doenças. Ele defendeu a definição de um piso salarial nacional para os agentes de saúde o que, em sua avaliação, não ocorreu até agora por motivos políticos.

No final de seu discurso, Lucena citou artigo publicado por dom Aldo Pagotto, Arcebispo da Paraíba, no jornal Correio da Paraíba. O parlamentar ressaltou o trabalho realizado pelas Pastorais da Criança e da Saúde junto à população pobre.

Da Redação / Agência Senado