Chuva mata 17 pessoas em Petrópolis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 11 de janeiro de 2003 as 16:59, por: cdb

Subiu para 17 o número de mortos em Petrópolis, região serrana do Rio, em decorrência do temporal que atingiu a cidade ontem à noite e nesta madrugada. Onze pessoas morreram soterradas na Estrada do Contorno, onde três casas desabaram.

O último corpo a ser encontrado foi o de Daniele. O filho dela, ainda bebê, morreu no Hospital da cidade. O comandante do Corpo de bombeiros da Região Serrana, Ronildo Rodrigues da Silva, informou que os trabalhos de busca no local já foram suspensos.

Os moradores desalojados por causa dos desabamentos foram para casas de parentes.

Outras quatro mortes aconteceram na cidade, todas por afogamento. Três corpos foram encontrados dentro de carros e um estava boiando no Rio em frente ao Museu Imperial. Mais de 40 carros foram arrastados pelas águas.

A governadora do Rio, Rosinha Garotinho, vai repassar R$ 200 mil à prefeitura de Petrópolis para ajudar no trabalho de limpeza e recuperação da cidade. Além da sujeira provocada pelo temporal , várias ruas da cidade ficaram danificadas.