Chirac pede respeito à legalidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de março de 2003 as 17:39, por: cdb

O presidente da França, Jacques Chirac, afirmou nesta terça-feira que o Iraque não representa uma ameaça iminente, a ponto de justificar uma guerra imediata. Ao comentar o ultimato dado pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ao líder iraquiano, Saddam Hussein, Chirac disse que a França apela à “responsabilidade de cada um para que a legalidade internacional seja respeitada”.

“A França apela pela preservação da unidade do Conselho de Segurança, mantendo-se dentro do quadro estabelecido pela Resolução 1.441. Subtrair-se à legitimidade das Nações Unidas, privilegiar a força acima do direito, seria assumir uma pesada responsabilidade”, acrescentou o presidente francês. As informações são da Embaixada da França.