Chirac consegue se livrar de escândalo no último instante

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de setembro de 2001 as 17:11, por: cdb

O Tribunal de Apelações de Paris anulou, nesta terça-feira, o caso de corrupção que implicava o presidente da França, Jacques Chirac, em um escândalo de concessão ilegal de verbas para seu partido.

Com a decisão, revelada por fonte da Justiça, Chirac escapa de ter que prestar depoimento perante os juízes da corte.

O julgamento foi anulado porque algumas das provas teriam sido obtidas de maneira irregular.

As autoridades investigavam até que ponto Chirac, enquanto prefeito de Paris, tinha conhecimento de uma complexa rede de financiamento ilegal para seu partido na década de 1980.

O caso foi levado para a corte de apelações depois que Chirac, alegando imunidade presidencial, recusou-se a depor em uma instância inferior.

Outros dois suspeitos, porém, pediram que todo o processo fosse anulado devido a irregularidades nos procedimentos jurídicos.