China publica primeiro jornal em ouro do mundo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 as 05:41, por: cdb

O primeiro jornal do mundo em ouro foi publicado pelo <i>Diário Econômico de Shenzhen</i>, no sul da China, que vendeu duas edições únicas de trinta e seis exemplares a 8.500 dólares (6.540 euros) o exemplar.

Segundo informou o <i>Beijing Morning Post</i>, o jornal, denominado A idade dourada da China foi lançado para comemorar o vigésimo aniversário do Diário Econômico com vinte páginas dedicadas a artigos políticos, sociais, econômicos e culturais sobre a China.

A primeira edição, com um conteúdo de 500 gramas de ouro em suas páginas, foi vendido a cerca de 8.500 dólares o exemplar enquanto a segunda, com 200 gramas do prezado metal, ficou por 3.500 dólares.

Segundo a casa editora, em cada página do jornal foram inseridos moléculas de ouro de 24 quilates utilizando nanotecnologia e técnicas especiais de tinta e impressão para imprimir quatro cores sobre as páginas douradas.

Segundo os editores, o jornal, classificado pela Unesco de “grande invenção” e que ganhou um lugar no Livro Guinness de Recordes por seu alto conteúdo em ouro, pode ser conservado por 10.000 anos.