China liberta padre católico doente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de junho de 2006 as 01:26, por: cdb

 Jia Zhinguo, um bispo da Igreja Católica romana, não reconhecida na China, foi libertado após seis meses de prisão devido a um grave câncer, informou, nesta sexta-feira, uma organização de defesa dos direitos humanos baseada em Hong Kong.

O religioso, de 70 anos, foi detido em novembro de 2005 e permaneceu preso em uma unidade militar até maio, revelou o Centro de Informação para os Direitos Humanos e a Democracia.

Jia foi libertado para receber tratamento contra um câncer de próstata em estado avançado, precisou a organização.

A última prisão de Jia, nomeado bispo pelo Vaticano em 1980, foi a oitava desde janeiro de 2004. No total, o religioso passou quase 20 anos na cadeia, segundo a organização de Hong Kong.

O regime comunista chinês controla estritamente todas as atividades religiosas no país e considera que os cristãos só podem celebrar seu culto nos templos da Igreja Católica da China.