China consegue 24 horas sem novo caso de Sars

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 13 de junho de 2003 as 10:46, por: cdb

Durante as últimas 24 horas não se registrou na China nenhuma morte ou novo caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars), informou, nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde.

Segundo a fonte, o total de mortes continua por dois dias consecutivos em 344, enquanto que o de infectados é de 5.329, dos quais 4.530 já receberam alta, ou seja, 85 por cento do total de doentes pela Síndrome Respiratória Aguda Severa.

Em Pequim, continuam internadas 447 pessoas, enquanto que o número de casos suspeitos em todo o país é ainda de 120, um deles na província do Cantão (sul da China), lugar onde surgiu a epidemia.

Os últimos dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) da China demonstram que, à medida que o número de casos cai em Pequim, aumenta o número de passageiros no aeroporto da capital. Assim de 2 a 8 de junho, foi registrada a entrada de 23.032 pessoas, enquanto que em 26 de maio eram apenas 1.368 passageiros.

As cifras foram aumentando progressivamente e alguns vôos voltaram a operar no aeroporto de Pequim, situação que pode melhorar se a Organização Mundial da Saúde (OMS) suspender a advertência contra viagens à China, segundo o INE.

As autoridades da província do Cantão retiraram a proibição de contratar imigrantes de outras províncias chinesas vizinhas por parte de empresas locais em uma tentativa de controlar a propagação da doença.

No mundo todo, já foram registrados 792 mortes pela Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) e 8.488 pessoas infectadas. A Ásia foi o continente mais afetado com 95 por cento dos casos e 96 por cento das mortes.