Chile assume erros do passado e promete benefícios a índios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de outubro de 2003 as 20:26, por: cdb

O Chile reabriu nesta terça-feira um dos capítulos mais obscuros dos seus quase 500 anos de História, ao admitir erros contra os povos indígenas do país e prometer a eles uma nova política pública.

Desde o descobrimento, no século 16, a relação entre governo (seja o colonial espanhol ou o independente) e índios sempre foi marcada pela violência, o que gerou um ressentimento que dura até hoje e se reflete em permanentes protestos.

Por isso, o governo socialista de Ricardo Lagos criou há quase três anos um fórum de diálogo com os índios e uma comissão de notáveis encarregada de discutir a verdade histórica e apresentar propostas para a reinserção das minorias na sociedade chilena.

– Não pretendemos que este relatório seja uma verdade oficial. Mas este é o maior esforço plural que já fizemos para tentar melhor compreender nossa História e enfrentar as tarefas exigidas pela convivência nacional – disse Lagos ao receber o texto.