Chega a 15 o número de mortos em Minas Gerais devido à chuva

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 30 de dezembro de 2010 as 16:05, por: cdb

Brasília – Subiu para 15 o número de mortes em Minas Gerais devido às chuvas que atingem o estado desde novembro, segundo boletim divulgado hoje (30) à tarde pela Defesa Civil mineira. Por volta das 7 da manhã, um deslizamento de uma encosta no município de Mantena soterrou uma casa e provocou quatro mortes na mesma família, entre elas duas crianças de 1 e 8 anos. Desde domingo (27), já foram contabilizadas 12 mortes por afogamento ou por soterramento.

Nesta semana, cinco cidades decretaram situação de emergência: Cataguases, Lajinha, Ponte Nova, Santana dos Montes e São Pedro dos Ferros. Desde o início do período chuvoso, foram registradas 10.739 pessoas desalojadas, 965 desabrigados e 32 feridos. Nenhum desaparecimento foi contabilizado. O estado registra mais de 1,1 milhão de pessoas afetadas pelos temporais, a maioria na região de Belo Horizonte.

O prejuízo nas casas e infraestrutura após o início das chuvas é de 3.320 residências danificadas e 120 destruídas, 278 pontes danificadas e 51 destruídas.

A previsão do tempo indica que as chuvas continuam no estado. No fim da tarde, são esperadas pancadas de chuvas com raios e ventanias no noroeste, norte, centro e na Bacia do Rio Doce. A região metropolitana de Belo Horizonte também deve ter pancadas de chuva no mesmo período. A frente fria fica no estado até o dia 3 de janeiro, sendo que os dias mais críticos foram ontem (29), hoje (30), amanhã (31) e dia 1º de janeiro.

 

Edição: Aécio Amado