Chefe da Segurança do Bangu III é executado na porta de casa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 18 de dezembro de 2005 as 14:05, por: cdb

A polícia do Rio investiga o assassinato do chefe da Segurança do presídio Bangu III, agente penitenciário Henrique Fernandes da Sila, de 35 anos. Segundo informaram fontes policiais, neste domingo, três assassinos chegaram em um Vectra, dirigido por uma mulher e o executaram na porta de sua casa, em Bangu.

O crime aconteceu no final da tarde deste sábado, quando Henrique Sila foi chamado por seu filho, que atendia aos tripulantes do carro que acabara de estacionar em frente ao portão de sua casa. Ele foi fuzilado assim que saiu de casa, com nove disparos de fuzil e de pistola calibre 45. O corpo do chefe da segurança de Bangu 3 foi sepultado neste domingo à tarde, no cemitério do Caju, Zona Portuária do Rio.

Além do chefe da Segurança, um dos diretores de Bangu III Abel Silvério de Aguiar foi morto a tiros, na Avenida Brasil, no dia 5 de agosto de 2003. O crime ocorreu 13 dias depois do assassinato do coordenador de segurança do complexo de Bangu, Paulo Roberto Rocha, também na Avenida Brasil. Nove dias antes do assassinato do diretor, o traficante Márcio Amaro de Oliveira, o Marcinho VP, que estava preso em Bangu III, havia sido encontrado morto, por enforcamento, numa lixeira da galeria A do Bangu III.