Chávez quer estatizar setor elétrico e de telefonia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de janeiro de 2007 as 20:04, por: cdb

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou nesta segunda-feira, durante a solenidade de posse do gabinete ministerial, a estatização dos setores de eletricidade e de telefonia e, para isto, pedirá que o Parlamento aprove uma lei que confira poderes ao Executivo nessa matéria.

Chávez disse que a “Lei Habilitante” servirá também para eliminar o controle de algumas petrolíferas estrangeiras sobre o processo de melhoramento do petróleo extra-pesado da faixa petrolífera do rio Orinoco.

– Um ano é um tempo razoável -, disse Chávez, ao explicar que dessa lei serão derivadas outras em matéria econômica, social, de segurança e de defesa.

A Assembléia Nacional é formada em sua totalidade pelos partidários de Chávez, depois que a oposição se retirou das eleições legislativas de 2005.

O presidente anunciou uma “profunda reforma” da Constituição, para criar a “República Socialista da Venezuela” e substituir assim o nome oficial de “República Bolivariana da Venezuela”, adotado na Constituição de 1999.