Chávez manda óleo para pobres norte americanos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de novembro de 2005 as 12:58, por: cdb

Uma companhia de petróleo controlada pelo governo da Venezuela começou a distribuir óleo de calefação a baixo custo a milhares de famílias pobres de Massachusetts, depois de um acordo entre Caracas e o Estado norte-americano. O combustível será fornecido pela Citgo, uma subsidiária da estatal venezuelana PDVSA com 14 mil postos de gasolina nos Estados Unidos.

Para o programa que pretende tocar em parceira com ONGs locais, a empresa separou 45 milhões de litros de combustível, que serão vendidos a preços 40% mais baixos do que os praticados no mercado. A idéia é do presidente venezuelano, Hugo Chávez, que, em uma visita a Cuba, em agosto, se ofereceu a ajudar os pobres americanos afetados pelo furacão Katrina. A Venezuela é o principal fornecedor do óleo de calefação consumido nos Estados Unidos durante o inverno.

Os primeiros galões foram entregues na cidade de Quincy, perto de Boston, às vésperas do feriado de Ação de Graças. Segundo a embaixada venezuelana em Washington, o programa deverá ser estendido a comunidades pobres de outras cidades norte-americanas, como o bairro do Bronx, em Nova York.

Além de residências, o programa deverá atender centenas de escolas, creches e hospitais. Apesar dos seus benefícios humanitários, o programa é claramente formulado para retratar o governo Bush como insensível e Chávez como o potencial salvador da região. Chávez é alvo de ataques freqüentes do governo de George W. Bush, e a doação de óleo de calefação barato é um novo capítulo na disputa entre os dois presidentes.