Chávez diz que ‘etanol seria alimento dos carros dos ricos’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de março de 2007 as 19:46, por: cdb

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta segunda-feira na Jamaica que vai
conversar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre os “perigos” do etanol.

– Temos um problema ético e ecológico. Nesse momento há um boom do etanol, mas acho que poucos conhecemos todos os detalhes deste projeto -, disse Chávez.

– O etanol é a salvação, segundo o presidente dos Estados Unidos, mas isso não é verdade. Peço ao Brasil e à Colômbia que utilizemos nossas terras para produzir alimentos para os 300 milhões de famintos da América Latina e Caribe -, completou no discurso.

Chávez afirmou também que a região já conta com petróleo e gás para abastecer carros e botijões de cozinha e que estas duas fontes de energia devem ser mantidas em vez de se apelar ao etanol. Para o presidente venezuelano, “o etanol seria alimento dos carros dos ricos”.

Chávez já assinou acordos nas áreas de petróleo e gás com quatro países de América Latina e Caribe – Argentina, Bolívia, Nicarágua e Jamaica – durante a viagem que faz pela região. Os acordos foram firmados em um momento em que o presidente da Venezuela vem intensificando suas críticas ao álcool combustível.

Na semana passada, durante a visita do presidente americano George W. Bush ao Brasil, os governos americano e brasileiro assinaram um acordo de cooperação justamente na área de biocombustíveis.