César Maia decreta luto oficial no Rio pela morte de Brizola

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de junho de 2004 as 10:03, por: cdb

A prefeitura do Rio de Janeiro decretou luto oficial por três dias pela morte, na segunda-feira à noite, do ex-governador Leonel de Moura Brizola. Ele estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, para se submeter a uma bateria de exames, depois de contrair forte gripe em sua última viagem ao Uruguai.

O prefeito do Rio César Maia afirmou, ao deixar o Palácio Guanabara, onde participou do velório, que a morte do ex-governador e presidente nacional do PDT, encerra o século XX na política brasileira.

Após a exibição do filme Pelé eterno, na note desta segunda no Theatro Municipal, foi feito um minuto de silêncio pela morte de Brizola, que ocorreu durante a projeção. A governadora Rosinha Garotinho se ausentou antes do término da sessão beneficente.