César Benjamin será vice de Heloísa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de abril de 2006 as 16:00, por: cdb

Benjamin denunciou corrupção no PT em 95

O PSol escolheu César Benjamin como candidato a vice da senadora Heloísa Helena. Aos 52 anos, César é um veterano militante político. Aos 15 anos, depois de ter integrado o movimento estudantil secundarista, já participava da resistência armada à ditadura. Ficou cinco anos preso e dois anos no exílio. Foi fundador do PT e dirigente do partido até 1995, quando deixou o PT depois de escrever um documento em que chamava a atenção para o aparecimento da corrupção no partido. Desde então, trabalhou na assessoria do MST. Muitos de seus artigos estão no site da Editora Contraponto, que dirige (www.contrapontoeditora.com.br).

 

Vladimir e Jandira

Os jornais registraram a vitória de Vladimir Palmeira sobre a ex-senadora Benedita da Silva no Encontro Estadual do PT, semana passada. Candidato ao governo do estado, Vladimir conseguiu que a vaga ao Senado na chapa fosse reservada para um nome de um partido aliado – leia-se, a deputada Jandira Feghali, do PCdoB. Resta saber se, em junho, Vladimir continuar mal nas pesquisas, vai interessar a Jandira abrir mão de uma renovação certa do mandato de deputada federal para disputar a cadeira no Senado.

 

Vladimir e Crivela

Ana Maria Tahan, em sua coluna 24 horas, no JB de ontem, registra algo que os demais jornais não deram: nas comemorações de Lula no Rio por conta da auto-suficiência do petróleo, Vladimir, que é o candidato do PT ao governo, não foi visto. Já o Bispo Crivela, que é candidato ao cargo pelo PMR, foi alvo das mais variadas demonstrações de carinho do presidente.

 

Fim do programa Primeiro Emprego

O governo federal sepultou o programa Primeiro Emprego. Nele, o governo pagava a empresas R$ 1,5 mil por ano para que elas contratassem jovens de 16 a 24 anos. Lançado há quase três anos, o programa não decolou. Desde julho de 2003, conseguiu emprego para 3.936 jovens, quando o plano inicial era a abertura de 260 mil vagas por ano. Foram atingidas apenas 0,55% das metas.

 

O fogo amigo de César Maia