CER:Inscrição para Mova-se para Arte até 5 de abril

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 08:30, por: cdb

Com objetivo de promover a cultura como direito social, garantindo as crianças, adolescentes e jovens acesso às atividades culturais, através de oficinas de desenho artístico, música, dança e teatro, o Centro Educacional Rebouças (CER), inicia em abril o Projeto Mova-se para Arte. As inscrições vão até 5 de abril e são para 120 crianças e adolescentes de 6 aos 17 anos. 

Para se inscrever são necessárias cópias dos seguintes documentos da criança ou adolescente: Certidão de Nascimento, Carteira de Vacinação atualizada, Declaração Escolar e foto 3×4. É necessária também a documentação de um responsável, que deve apresentar cópias do RG, do CPF, da Carteira de Trabalho, de Comprovante de Residência atualizado e, se tiver, do Cartão do programa Bolsa Família.   

As inscrições devem ser feitas pessoalmente no CER, Avenida Joaquim de Toledo, 570, no Jardim das Palmeiras, acesso pela Avenida Rebouças (região central sumareense) no sentido da saída para Nova Odessa.

O CER

Fundado em 26 de setembro de 1999, o Centro Educacional Rebouças foi iniciativa de um grupo de voluntários, sensibilizados com a situação de vulnerabilidade social de crianças e adolescentes da área do Jardim Alvorada, Parque Franceschini e Jardim Palmeiras. É uma organização privada sem fins lucrativos, mantida com realizações de eventos, doações de associados, parcerias com empresas e subvenção da Prefeitura de Sumaré.

Em 2008 firmou parceria com a Secretaria de Inclusão Social (Siades) com o Programa Projovem Adolescente, lançado em setembro de 2007 pela Presidência da República e destinado a jovem de 15 a 18 anos pertencentes à famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ou em situação de risco social.

Em 2011, estendeu parceria com o Centro Esportivo, o qual oferece, nas terças e quintas-feiras,  natação para crianças e adolescentes atendidas no CER. Em novembro de 2011, a entidade recebeu o Premio Itaú UNICEF com o tema “Educação Integral: Experiências que Transformam”. A certificação, reconhecida nacionalmente, dá maior visibilidade e reconhecimento a outro projeto desenvolvido no CER, o Viver e Crescer.

Por meio de seus programas, o CER já beneficiou mais de 400 crianças, adolescentes e seus familiares. A direção da entidade recebeu um terreno cedido pela Prefeitura e busca novos parceiros com o objetivo de terminar a construção de sua sede. Além do atendimento as crianças e adolescentes, a entidade auxilia famílias dos beneficiários, oferecendo, com a Siades, oficinas de artesanato (crochê) e cursos de capacitação profissional (cabeleireiro).