Cerca de 30 mil nordestinos recebem água da Petrobras

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 12 de outubro de 2003 as 20:56, por: cdb

A Petrobras está viabilizando a distribuição de um milhão de litros de água por dia a 13 municípios dos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia, beneficiando cerca de 30 mil pessoas de comunidades rurais carentes da região semi-árida do País.

A água está sendo disponibilizada por meio de poços perfurados pela Petrobras na região, a maior parte dos quais aberto na tentativa de se encontrar petróleo, mas que só encontraram água. Os poços ficam na Bacia Potiguar (CE e RN), onde o Arenito Açu oferece água, normalmente doce e com boa vazão, em profundidades médias entre 100 e 300m.

Segundo a Assessoria de Imprensa da Petrobras, na Unidade de Negócio do Rio Grande do Norte/Ceará foram levantados dados referentes a 364 poços, sendo 35 cedidos e equipados para distribuição de água à população; 253 cedidos, mas não equipados; 63 disponíveis para cessão, a maioria deles em áreas já devolvidas à Agência Nacional do Petróleo (ANP); além de 13 outros poços em processo de cessão.

Na Unidade de Negócio da Bahia foram levantados dados referentes a 61 poços em 1993. Deste total, 38 foram abandonados, por não terem viabilidade técnica; 1 completado para água; e 22 cedidos, mas não completados até o momento.

Já na Unidade de Negócio de Sergipe/Alagoas foram perfurados 903 poços, 23 dos quais foram abandonados com possibilidade de aproveitamento para exploração de água potável. Os demais apresentam dificuldades técnicas para reaproveitamento pela grande quantidade de sais existentes, o que gera uma influência grande sobre a qualidade da água subterrânea.

Segundo ainda a Assessoria de Imprensa da estatal, à luz dos interesses corporativos e das diretrizes do Governo Federal, a empresa incluiu no programa Petrobras Fome Zero o projeto Molhar a Terra, que tem o propósito de reavaliar a possibilidade da recuperação e produção de água em parte destes poços, comprovada a conveniência técnico-econômico-social desta ação.