Centro Cultural das Águas promove mutirão na Lagoa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2005 as 12:01, por: cdb

O Centro Cultural das Águas, através do projeto Água Viva, promoverá, domingo, o segundo mutirão voluntário da Lagoa Rodrigo de Freitas. Iniciado em dezembro, o projeto Voluntários da Lagoa reúne educadores ambientais para transmitir a estudantes e a freqüentadores em geral da Lagoa noções importantes de temas ligados à ecologia.

A preservação da água é o foco de atividades como palestras, aulas práticas e ações lúdicas, onde os voluntários atuam na formação de agentes multiplicadores, criando assim uma nova concepção de relacionamento com a Natureza.

No domingo, a partir das 9h, os voluntários se concentrarão na preservação e limpeza da faixa marginal de proteção (FMP) da lagoa. A FMP da Lagoa Rodrigo de Freitas é de 15 metros. Tão importante quanto demarcar é manter a área sempre conservada. Os voluntários recolhem o lixo jogado no limite das faixas e o destinam à coleta seletiva. Materiais como garrafas Pet, latinhas de refrigerante, papéis de bala e pontas de cigarro são comuns no entorno do espelho d’água, principalmente na área de manguezal. Os voluntários também demarcam simbolicamente a faixa marginal, através do plantio de espécies nativas da Mata Atlântica.

Enquanto os voluntários, uniformizados, realizam a limpeza dos dez pontos de atuação demarcados no entorno da lagoa (incluindo o espelho d’água), como o Parque dos Patins, Parque do Cantagalo, Parque da Catacumba e Parque das Taboas, educadores ambientais se concentram no Centro Cultural das Águas. Eles ficam à disposição daqueles que desejam obter informações sobre meio ambiente.

No trabalho de limpeza do espelho d’água, os voluntários contam com o apoio da Colônia de Pescadores Z-13. Com um catamarã, os educadores ambientais recolhem todo o lixo flutuante.
A inscrição para voluntários educadores e aprendizes é simples: pelo telefone (21) 2540-6855 ou pelo e-mail paviva@terra.com.br.

O cadastro pode ser feito também no centro cultural da Superintendência Estadual de Rios e Lagoas (Serla) que é sempre o ponto de encontro dos mutirões. O centro fica no Parque dos Patins, próximo à Colônia de Pescadores Z-13, com acesso pela Avenida Borges de Medeiros.