CEF mantém negociação com os funcionários em greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 18 de outubro de 2003 as 11:02, por: cdb

A direção da Caixa Econômica Federal (CEF) dá continuidade neste sábado às negociações com os funcionários que estão em greve desde terça-feira. Os trabalhadores da instituição nas principais capitais do país também acompanham os do Distrito Federal (DF) e permanecem paralisados. Segundo o Sindicato dos Bancários do DF, pelo menos 95% das agências estão fechadas, mas em nota divulgada ontem, a CEF afirma que mais da metade delas já voltaram às atividades normais.

Sexta-feira, os trabalhadores do Banco do Brasil (BB), que também haviam cruzado os braços reivindicando melhores salários, decidiram encerrar o movimento grevista aceitando o reajuste de 12,6%. De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários do DF, Jair Pedro Ferreira, as atividades na CEF ainda não voltaram ao normal porque a proposta feita pela instituição está abaixo do que foi acertado com os funcionários do BB.

A direção da CEF também ofereceu aumento de 12,6% para os salários, mas o reajuste não contempla todas as verbas da remuneração dos trabalhadores. Outra questão em discussão é a relacionada ao valor do tíquete alimentação, que é inferior ao dos funcionários do BB. Também há divergências quanto à antecipação da Paticipação nos Lucros e Resultados (PLR). O sindicato marcou uma outra assembléia da categoria para este domingo, às 17h, em Brasília.