Cedae pára Estação do Guandu para manutenção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de novembro de 2005 as 13:01, por: cdb

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) vai fazer na quinta-feira mais de 50 serviços de manutenção na ETA (Estação de Tratamento de Água) do Guandu, responsável pelo fornecimento de água ao Rio e à Baixada Fluminense.

Os trabalhos vão das 8h às 14h. Os serviços trarão melhorias operacionais ao sistema do Guandu, preparando-o para o verão, quando o consumo de água aumenta significativamente.

A principal intervenção será a interligação do recalque (bombeamento) da nova elevatória da Zona Rural, uma tubulação de 300 milímetros de diâmetro, à adutora da Zona Oeste de 800 milímetros de diâmetro.

O serviço será executado próximo ao reservatório do Marapicu.

Paralelamente a essa intervenção, serão abertas 54 frentes de trabalho para a execução de serviços como inspeção e limpeza das unidades de tratamento da ETA, vistoria de bombas e tubulações e revisão e substituição de válvulas e registros. Serão empregados na operação 480 funcionários, entre técnicos e engenheiros.

Durante os serviços, a estação do Guandu terá a operação interrompida, o que poderá afetar o abastecimento de água aos municípios atendidos.

A ETA abastece 85% da capital, 70% da Baixada Fluminense e integralmente Nilópolis.

A Cedae montou um esquema especial para atender hospitais com carros-pipa durante a paralisação da estação.

O abastecimento de água se normalizará no máximo em 72 horas depois da conclusão dos trabalhos.