CDs de software pirata serão destruídos no estádio do Maracanã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de janeiro de 2005 as 22:43, por: cdb

Cerca de 100 mil CDs de software pirata serão destruídos na quinta-feira, no estádio do Maracanã, pela Associação Brasileira das Empresas de Software e a Business Software Alliance (BSA), entidade internacional que representa vários fabricantes do setor de informática e tecnologia.

Levantamentos realizados pela BSA apontam que o mercado pirata representa 61% do total de softwares produzidos e 70% dos hardwares, que são as máquinas e equipamentos. A perda de faturamento com a atividade ilegal é de R$ 6 bilhões anuais, acarretando prejuízo na arrecadação de R$ 1,4 bilhão/ano.