CCZ alerta para o perigo de animais nas vias públicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 as 10:48, por: cdb

O mês de janeiro ainda nem terminou , mas as equipes do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) já apreenderam 42 cavalos nas vias públicas da cidade. Na maioria do casos, o motivo das apreensões pelo fato de s animais estarem soltos, em terrenos de terceiros, que não estão cercados. Como informa a coordenadora técnica do CCZ, a veterinária Shenia Moreno Viana, erra quem cria animais em terrenos alheios e também quem não cerca sua propriedade.

– Para o bom desenvolvimento da civilidade em qualquer lugar, em qualquer município, é fundamental a parceria entre governo e população. E em Macaé ainda se tem a cultura de criar animais, principalmente cavalos, em terrenos alheios aberto, sem cercas. Isto é um grave perigo, declara a especialista.

O Código de Postura Municipal prevê multa para proprietários de terrenos não cercados e, no caso dos animais, o CCZ aplica penalidades no valor de 50 URMs (R$ 108,00), apreende o cavalo, cobra mais R$ 25 a diária, por cada dia que o dono deixar o animal com a Zoonoses e, então, se tiverem ocorrido maus tratos e envolvimento com acidentes em vias públicas, o proprietário ainda pode ser indiciado judicialmente.

A coordenadora Shenia Viana ainda esclarece que se o acidente em via pública com animal envolver morte, o proprietário responderá por homicídio culposo. Caso que ocorreu na noite do último domingo (22), na Linha Azul (próximo ao Bosque Azul), quando uma moto se chocou com um cavalo que atravessava a pista. O homem morreu e a mulher ainda está hospitalizada.

Na terça-feira passada (24), pela manhã, outro acidente foi registrado envolvendo um cavalo e um caminhão. Desta vez, na Linha Verde, próximo ao Instituto Médico Legal (IML). Um cavalo se chocou com o veículo, que teve os vidros da frente quebrados. Não ouve feridos. A veterinária Shenia Viana apela:

– É uma irresponsável criar animal solto. O risco é muito grande, traz problemas ao transito, morte e prejuízos financeiros não menos graves. As pessoas teimam em criar cavalos, mas sem espaços próprios para mantê-los saudáveis, Mudar a mentalidade da população com relação a este problema é difícil, mas temos que conseguir, finaliza.

Remoção de animais – O CCZ realiza a remoção de animais de grande e médio porte soltos em vias públicas e sem proprietário. O serviço deve ser solicitado diretamente ao CCZ através dos telefones: 2772.6461 e 2772.7226.