Catariana faz prefeito decretar estado de calamidade pública

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de março de 2004 as 03:33, por: cdb

O prefeito de São João do Sul (SC), Antonio Oliveira Cardoso, vai decretar estado de calamidade pública no município nesta segunda-feira. A cidade que fica no extremo sul do estado tem 8 mil habitantes e foi uma das mais atingidas pelo ciclone Catarina.

De acordo com o prefeito, a maioria da população perdeu suas casas.

– Foi uma verdadeira catástrofe. Parecia uma cidade no pós-guerra, uma loucura: a cidade está destruída – lamenta.

Além das casas, o vento derrubou escolas, o salão paroquial e o centro comunitário.

Cardoso informou que a cidade está sem sinal de telefone, sem água e sem comida. O prefeito pediu ao governo federal que distribua cestas básicas para a população.

– A emergência é levar água potável e dar cesta básica para a população – disse.

Para Cardoso, serão necessários quatro dias até que se restabeleça o fornecimento de energia no município. O prefeito não descartou a ajuda do Exército e da Defesa Civil, que já está atuando na região.

O prefeito informou que algumas famílias estão sendo transferidas para cidades próximas e para casas de amigos ou familiares .

– Estamos vendo muita solidariedade, porque estamos vivendo o pior dia da história da cidade, não dá para descrever – desabafa.

A meteorologia informou que o fenômeno perdeu intensidade. De acordo com a meteorologista Laura Rodrigues, para essa segunda-feira há previsão de chuva no litoral sul na área atingida.