Casos de dengue caem 90% em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de fevereiro de 2005 as 11:07, por: cdb

Os casos de dengue caíram quase 90% no Estado de São Paulo em janeiro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo balanço da Secretaria Estadual da Saúde. Foram confirmados 30 casos da doença, contra 270 no primeiro mês de 2004. De acordo com a secretaria, além da queda no número de casos, menos cidades registraram a doença. Foram nove municípios neste ano, contra 14 no ano passado.

– Os números mostram que o trabalho está correto. Mas a população precisa continuar atenta, auxiliando no combate à doença, como já fez no ano passado. A guerra contra o Aedes aegypti não terminou – afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Em 2004 foram registrados 3.048 casos de dengue no Estado. Em 2003, São Paulo teve 20.361 casos.A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A prevenção é feita com a eliminação de possíveis criadouros do mosquito, como pneus garrafas, vasos e caixas d’água destampadas.

Os sintomas aparecem de 3 a 15 dias. Na dengue clássica, a pessoa contaminada tem febre alta seguida de dor de cabeça, dor muscular, náusea e manchas na pele. Pode haver sangramento gengival, gastrointestinal e nasal. Na dengue hemorrágica, o doente sente os mesmos sintomas, bem mais intensos. Há risco de morte.