Casas são danificadas por vendaval e fortes chuvas no Paraná

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de outubro de 2003 as 22:27, por: cdb

O forte vendaval que passou pelo Oeste e Sudoeste do Paraná, por volta das 4h da madrugada desta quarta-feira, deixou várias casas danificadas. Segundo o capitão Carlos Alberto Machado, do Corpo de Bombeiros de Cascavel, os ventos alcançaram velocidades de até 180 quilômetros por hora. Ao todo foram recebidos, até as 12h, 790 chamados. Em Curitiba, foram registrados apenas problemas em ruas sem asfalto, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Cascavel foi o município mais atingido, com 230 ocorrências registradas pelo Corpo de Bombeiros local. Até agora, 120 pessoas estão desabrigadas. A Defesa Civil municipal está providenciando o remanejamento das famílias, provavelmente para o Ginásio de Esportes Bras Madeiras.

Em seguida vem Francisco Beltrão, com 121 ocorrências. A Defesa Civil informou que 60 residências foram danificadas, além de cinco prédios públicos. No total, 240 pessoas foram afetadas.

Os Bombeiros registraram ainda 119 ocorrências em Pato Branco; 70 em Itapejara do Oeste, a 35 quilômetros de Pato Branco; 50 em Bom Jesus do Sul e Marmeleiro, distantes 88 e 9 quilômetros de Francisco Beltrão, respectivamente; e 40 em Palmas. Os atendimentos estão em andamento e a Defesa Civil dos municípios ainda não informou se há desabrigados.

Os moradores do Oeste e do Sudoeste do Paraná não devem ter mais problemas com o clima nesta sexta-feira. Segundo informações do sistema de meteorologia do estado, o vendaval e as chuvas desta Quinta foram ocasionadas por uma frente fria vinda do Rio Grande do Sul, que já se desloca para São Paulo. A previsão é de que as chuvas cessem. A nebulosidade deve permanecer apenas na capital e no litoral do estado.