Casal que tentou matar os filhos estaria em ‘pane mental’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 15 de outubro de 2003 as 18:58, por: cdb

O produtor artístico Alexandre Alvarenga e sua mulher, Sara Maria Rosolen Alvarenga, estavam em “pane mental”, quando tentaram matar os filhos José Alexandre de 1 anos e Alessia de 6 anos, dia 2 de fevereiro em Campinas. A conclusão consta de laudo psiquiátrico elaborado a pedido da defesa e enviado ao juiz Maurício Henrique Guimarães Pereira onde corre o processo contra o casal por dupla tentativa de homicídio.

Os peritos atestam que Alexandre foi acometido de “transtorno psicótico leve ou agudo” e Sara de “transtorno psicótico compartilhado delirante indireto”.

Alexandre depois de provocar um acidente de carro, atirou o filho de 1 ano contra uma pick-up em movimento. Depois, auxiliado pela mulher bateu a cabeça da menina contra uma árvore por diversas vezes. Interrogados na justiça eles disseram não se lembrar das agressões e negaram estar sob efeito de drogas.

Alexandre continua preso e Sara foi libertada dia 14 de abril por habeas corpus concedido pelo tribunal de justiça. O Ministério Público após exame do laudo pediu a decretação da prisão preventiva de Sara. O próximo passo será a intimação da defesa para que se manifeste, após o que o juiz proferirá a decisão.