Cardeal diz que Papa está muito mal e pede orações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de setembro de 2003 as 10:29, por: cdb

O diretor da Congregação para a Defesa da Doutrina da Fé, o cardeal alemão Joseph Ratzinger, afirmou nesta terça-feira que o estado de saúde do papa João Paulo II é muito delicado. “João Paulo II está muito mal. Temos que rezar pelo Papa”, diz Ratzinger em declarações publicadas pela edição eletrônica da revista Bunte.

Ratzinger, uma das pessoas mais próximas do Pontífice, admite que o Papa está fazendo muito esforço para manter seu estado de saúde. O secretário particular de Ratzinger, o monsenhor Gerog Gaenswein, destaca que o estado de saúde do Papa não é promissor, ao mesmo tempo que elogia o fato de o Santo Padre não se entregar à sua doença. “O Papa já não pode andar nem ficar de pé, mas para os fiéis ele é um herói.

O fato de não se entregar, apesar de sua doença, lhe dá ainda mais credibilidade”, declara o religioso à Bunte on-line.

Gaenswein acrescenta que o Papa, apesar de seu estado de saúde, não deixará de viajar.