Capitania dos Portos do Rio abre inquérito para apurar acidente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de outubro de 2003 as 11:26, por: cdb

A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro abriu inquérito administrativo para apurar o acidente com a lancha “Pimba Pimbinha” na ilha de Jaguanum, na baía de Sepetiba, no litoral sul do estado, que ocasionou a morte de Gabriel Borges Soares e a amputação das duas pernas da professora Andréa Lisboa Salgado, no último sábado.

A informação foi dada através de nota divulgada nesta segunda-feira. Segundo a Capitania dos Portos, o prazo para conclusão do inquérito é de até 90 dias. Em seguida, o inquérito será encaminhado ao Tribunal Marítimo que julgará o acidente. Caso haja indícios de ilícito penal, cópias do inquérito serão encaminhadas ao Ministério Público para eventuais providências de ordem penal. A nota informa, ainda, que uma perícia preliminar foi realizada na lancha e que hoje será feito o complemento da perícia por inspetores da Capitania dos Portos do Rio.