Candidato ao Parlamento iraquiano é morto em Basra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de janeiro de 2005 as 10:07, por: cdb

Um candidato ao Parlamento iraquiano apoiado pelo primeiro-ministro interino, Iyad Allawi – cujo nome não foi divulgado – foi morto na manhã desta terça-feira em Basra. Ainda nesta terça-feira, um atentado suicida com carro-bomba matou um guarda iraquiano ao explodir junto a um escritório do maior partido xiita do país – o Conselho Supremo para a Revolução Islâmica no Iraque – e deixou sete pessoas feridas.

Mas a violência desta terça-feira não ficou nisto, também morreram dois policiais iraquianos e outros oito ficaram feridos em dois ataques armados em Bagdá, segundo informações do Ministério do Interior.

O primeiro incidente ocorreu na zona de Baya, no sudeste da capital, quando um homem abriu fogo contra uma patrulha, matou um policial e feriu outro. No segundo, em Sidia, rebeldes trocaram tiros com agentes de polícia. Um policial foi morto e sete ficaram feridos.

Por causa da insegurança, o país anunciou severas medidas para evitar o adiamento das eleições. O governo informou que vai fechar suas fronteiras terrestres e impedir o tráfego perto das seções de votação, de 29 a 31 de janeiro.