Cancún foi o grito dos pobres, diz ministro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de setembro de 2003 as 20:53, por: cdb

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse neste domingo a noite, por telefone, de Cancún, no México, que a falta de consenso na Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio não pode ser considerada um fracasso ou uma derrota para os países em desenvolvimento que formam o G-21.

Segundo o ministro, o saldo é que a reunião acabou sendo palco de manifestações importantes das nações menos favorecidas.

– Cancún foi o grito dos pobres que se recusam a aceitar a imposição dos países ricos – afirmou Rodrigues, lembrando que a negociação envolvendo temas agrícolas não chegou sequer a ser iniciada, limitando-se a discursos e conversas paralelas.