Canadá vai apresentar nova proposta de resolução

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de março de 2003 as 20:00, por: cdb

O Canadá apresentará nesta terça-feira, uma nova proposta de resolução sobre o Iraque para tentar dirimir as diferenças no seio do Conselho de Segurança, informou a televisão canadense.

A rede de televisão CTV assinalou que o embaixador canadense ante as Nações Unidas (ONU), Paul Heinbecker, apresentará a proposta nas próximas horas.

Uma fonte governamental consultada pela CTV assinalou que a nova proposta “manterá as linhas que sugerimos em termos de calendário”.

O Canadá – que não é membro do Conselho de Segurança – apresentou em fevereiro um documento no qual assinalava como data limite para que o Iraque cumpra suas obrigações de desarmamento o dia 28 de março, e ao mesmo tempo solicitava aos inspetores da ONU uma lista das obrigações que Bagdá tem que cumprir.

A proposta canadense, apresentada ao México, Chile e outros países que não são membros permanentes do Conselho de Segurança, foi bem recebida pelo secretário-geral da ONU, Kofi Annan, segundo as fontes.

No entanto, EUA, Grã-Bretanha, França, Rússia e Alemanha a rejeitaram por considerar, em alguns casos, que era muito favorável aos interesses iraquianos, enquanto que para outros se aproximava muito às teses de Washington.

Ottawa considera que se os EUA invadem o Iraque sem a autorização explícita do Conselho de Segurança, a ONU sofrerá gravemente as conseqüências da divisão.

No domingo, o primeiro-ministro canadense, Jean Chrétien, declarou à rede de televisão americana ABC que Washington não precisa atacar o Iraque porque já ganhou a guerra ao ter ao presidente desse país, Saddam Hussein, completamente reprimido e com os inspetores de armas perecorrendo seu território.