Campanha mundial reúne assinaturas contra assassinato na Nigéria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de março de 2003 as 17:26, por: cdb

O jornalista Rui Martins pede que internautas colaborem com campanha da Amnistia Internacional, que reúne assinaturas ao redor do mundo contra o assassinato de uma mulher nigeriana, condenada ao apedrejamento naquele país.

Advogados de Amina Lawal ainda têm esperança

O Supremo Tribunal da Nigeria ratificou a sentenca de morte por apedrejamento de Amine, mas apenas daqui a um par de meses como “permissao do aleitamento” ao seu filho. Mais tarde sera enterrada ate ao pescoco e apedrejada ate a morte, a menos que um diluvio de apelos faca reconsiderar as autoridades nigerianas.

Através de uma campanha de assinaturas idêntica a esta, já se conseguiu salvar outra mulher na mesma situacão. O tempo perdido não é muito e os ganhos são bastantes.

Por favor, colabore! Safiya também ia ser apedrejada na Nigéria, por ter tido um filho depois de estar divorciada. A Amnistia Internacional pediu o apoio de todos nos através de uma assinatura na sua página na Internet e o êxito foi total. No entanto, desta vez foram recebidas muito menos assinaturas, por isso, faça circular esta mensagem. Vão voltar a apedrejar outra mulher na Nigéria e desta vez reuniram-se muito poucas assinaturas.

Nao custa nada entrar em http://www.amnistiapornigeria.org/ e assinar. A carta já esta escrita. Não pense que não serve de nada, pois a vida de outra mulher ja foi salva desta maneira. Se considerar pertinente faça circular esta mensagem entre as pessoas que conhece que sejam sensíveis a esta horrivel ameaça de morte.

Apenas se gasta um minuto para tentar deter o mais premeditado dos assassinatos.