Campanha evitou consumo de cerca de 5 bilhões de sacolinhas, diz Ministério do Meio Ambiente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 as 16:35, por: cdb

>
05/01/2011Campanha evitou consumo de cerca de 5 bilhões de sacolinhas, diz Ministério do Meio Ambiente

Luana Lourenço

Repórter da Agência Brasil

 

Brasília – O Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgou hoje (5) balanço da campanha Saco é um Saco, lançada em 2009 para reduzir o consumo de sacolas plásticas. Em um ano e meio, cerca de 5 bilhões de sacolinhas deixaram de ser usadas. De acordo com o MMA, o número superou a meta, que era de 1,5 bilhão a menos de sacolas.

 

O balanço é baseado em estimativas das redes de supermercado Walmart, Pão de Açúcar e Carrefour e pelo Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas, da indústria do plástico, além de informações de cidades que decidiram proibir o uso de sacolinhas, como Jundiaí, no interior de São Paulo.

 

A meta agora é reduzir o consumo de sacolas plásticas em 40% até 2014 em todas as lojas do país. O número foi acertado em convênio assinado entre o governo e a Associação Brasileira de Supermercados.

 

Além do compromisso setorial, algumas redes de supermercados apresentaram metas próprias, segundo o MMA. O Walmart , que atualmente oferece descontos ao cliente que usa embalagens retornáveis, pretende reduzir a utilização de sacolinhas em 50% até 2013. Já o grupo Carrefour espera chegar em 2014 sem oferecer nenhuma sacola plástica.

 

Edição: João Carlos Rodrigues