Campanha “Pedestre, eu cuido” retorna na volta às aulas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 10:41, por: cdb

TrânsitoQuarta-Feira 25 de Janeiro de 2012

Campanha “Pedestre, eu cuido” retorna na volta às aulas

Com o objetivo de dar continuidade à campanha “Pedestre, eu cuido!”, que visa orientar e conscientizar a população em ceder aos pedestres a preferência de travessia nas faixas destinadas a eles, representantes da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) e do Detran estiveram reunidos na manhã de hoje, 24, para discutirem sobre a terceira etapa da campanha que abordará alunos de escolas municipais, estaduais e particulares no período de volta às aulas.

No ano passado, o assunto já havia sido abordado em 200 escolas. Neste ano, a partir do dia 13 de fevereiro, a campanha começa a ser efetivamente implantada em 55 escolas da Capital. O projeto, que se estende até o dia 29 de fevereiro, vai atender cinco escolas a cada dois dias. Na ocasião, serão trabalhadas questões como linguagem corporal, o papel de cada um no trânsito, como atravessar com segurança, dentre outras questões que têm como principal objetivo oferecer ao pedestre instruções de segurança na hora de realizar a travessia.

De 28 de janeiro até o dia 18 de fevereiro, os projetos Setinha (que abrange crianças de quatro a 12 anos) e Camaradinha desenvolverão ações de conscientização em diversos pontos da cidade. Neste sábado, 28, das 8h às 9h, o projeto será realizado na Praça Esportiva Belmar Fidalgo e terá a distribuição de panfletos educativos, incluindo o artigo 70 do Código de Trânsito Brasileiro, e orientação à população.

O projeto, “Pedestre, eu cuido!”, é promovido por meio de uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) e demais entidades que compõem o Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT). A Campanha foi lançada no dia 10 de novembro e em sua primeira etapa orientou a população com relação a cuidar dos pedestres. A segunda etapa teve início no dia 1° de dezembro, quando começaram a ser multados os condutores infratores que não respeitam as faixas.

Para Ivanize Rotta, chefe da Divisão de Educação para o Trânsito da Agetran, a questão da educação no trânsito é cultural. “É importante massificar o respeito à faixa de pedestre para que não se esqueçam da responsabilidade. É uma questão de mudança cultural da população de Campo Grande”, ressalta.
 

Fonte/Autor: Valquíria Oriqui Mrb/MS 921