Câmara recusa novo pedido de licença de Jaqueline Roriz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de março de 2011 as 13:36, por: cdb

A Câmara recusou o recebimento de pedido de licença por tempo indeterminado feito pela deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), que responde a processo disciplinar no Conselho de Ética e é investigada pela Corregedoria da Casa. Sob o argumento de que está com problemas emocionais e três quilos mais magra, o pedido foi apresentado na última quinta-feira (24) à 3ª secretaria da Mesa Diretora.

Segundo a assessoria do setor, a recusa se deve ao fato de o pedido não estipular data de término para a licença. A deputada já havia pedido licença médica no dia 14 de março, pelo prazo de cinco dias. A licença venceu, mas Jaqueline permanece ausente da Casa.

A assessoria da deputada argumentou que esse tipo de licença, por estresse emocional, tem como padrão a indeterminação do prazo de término. A assessoria não soube informar se Jaqueline fará um novo pedido de licença, com prazo determinado.

Defesa
Os advogados da parlamentar entregam hoje à Corregedoria a sua defesa no processo em que responde por quebra decoro. Jaqueline Roriz foi filmada junto com seu marido, Manoel Neto, recebendo R$ 50 mil de Durval Barbosa, que liderou o chamado mensalão do DEM no governo do Distrito Federal. Na época, ela era candidata a deputada distrital.

Tempo real:11:14 – Advogados de Jaqueline Roriz entregam hoje defesa à CorregedoriaReportagem – Carolina Pompeu
Edição – Daniella Cronemberger