Calçadão de São José dos Pinhais ganhará teatro para 102 pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 15:51, por: cdb

Texto:
diminuiraumentarCompartilhe: 27/mar/2012 – 18:12

Imagem em perspectiva da fachada do futuro complexo cultural Senegaglia

A Prefeitura de São José dos Pinhais deu nesta terça-feira (27) o primeiro passo concreto para transformar o antigo Centro de Convivência Senegaglia num complexo cultural que terá como principal atração o Teatro Senegaglia, para 102 pessoas. A Secretaria Municipal de Cultura entregou as chaves da sede do Centro Senegaglia para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que será responsável pela reforma e ampliação. Além do teatro, o espaço terá Museu da Indústria, Praça de Alimentação, e um amplo local de convivência ao ar livre.Fotos: Sérgio Sabino – Secretário Christian Bundet, entrega chaves do antigo comlexo ao engenheiro da empresa Infrateco, vencedora da licitação para realização da obra do Teatro Senegaglia, junto ao Sesi O projeto do teatro, aprovado pelos Conselhos Municipais de Cultura e Patrimônio Cultural do Município, preservará valores histórico, cultural, artístico, econômico e de uso. A previsão de entrega é para novembro deste ano. De acordo com Odanir D. Bertol, engenheiro e diretor da Infrateco, empresa vencedora da licitação, o prazo é suficiente e as obras do espaço de 400 m², iniciam imediatamente. Na sequência os outros dois empreendimentos, o Museu da Indústria e a Praça de Alimentação, complementarão o complexo cultural no terreno de 2000 m², localizado na Rua XV de Novembro, esquina com Rui Barbosa, centro de São José dos Pinhais. O prédio original, que está tombado, foi construído em 1908 e era sede da funilaria Senegaglia. O SESI/Senai preservará o espaço histórico, com adaptações internas, sendo que para o restauro da fachada será contratada uma empresa especializada em restauro, ainda a ser licitada. Já a parte de equipamentos cênicos, iluminação, climatização e mobiliário será custeada pelo Município, assim como o projeto de revitalização. Após concluído o teatro, de acordo com os representantes do Sesi, Alice Clarete Tuler e Fábio Pini, respectivamente, arquiteta e engenheiro, responsáveis pela obra, a parceria deve continuar, tanto na gestão do espaço, como na programação cultural. “Firmamos parceria com o Sesi, uma entidade reconhecida pela sociedade, e anunciamos com alegria, que a população poderá contar em breve com um espaço de lazer mais adequado”, ressalta o secretário de Cultura, Christian Bundet.Fachada do atual Centro de Vivência Senegaglia, como se encontra atualmente “O edifício do Centro de Vivência Senegaglia sofreu ao longo do tempo inúmeros danos e intervenções, pois seus antigos espaços industriais tornaram-se funcionalmente obsoletos e deram lugar às atividades promovidas pela Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais e alguns comércios de rua. As soluções propostas têm o objetivo de retomar esses antigos espaços industriais e dar a eles um novo uso sem comprometer seus aspectos históricos”, garante a arquiteta Manuela Orué, coordenadora do projeto junto à Prefeitura.

Logue-se ou registre-se para poder enviar comentários