Caixa espera aumento no número de compradores da casa própria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de abril de 2006 as 11:24, por: cdb

A Caixa Econômica Federal abre nesta quinta-feira, em São Paulo, mais uma edição do Feirão da Casa Própria, realizado em conjunto com empresários e entidades representativas da cadeia produtiva da construção civil. Será o primeiro feirão de uma série de 14 em todo o país. A expectativa da Caixa é receber a visita de cerca de 500 mil famílias. No ano passado, eventos do gênero atraíram 359 mil pessoas com o fechamento de contratos no valor de R$ 1,6 bilhão.

Na capital paulista, o feirão será instalado no pavilhão vermelho do Expo Center Norte, na Vila Guilherme, zona norte da cidade, e se estenderá até sábado (29), das 10 às 21 horas. No local, o público terá à disposição 43.708 imóveis, em diversas faixas de renda. Haverá equipes de plantão para esclarecer dúvidas sobre os planos de financiamento e os procedimentos para a compra da casa própria.

A maioria das unidades em oferta (29.308) é de imóveis usados, 13,5 mil são novos ou em construção e 900 são do Programa de Arrendamento Residencial (PAR). O valor mínimo é de R$ 17 mil e a expectativa da Caixa é de receber 150 mil pessoas neste primeiro feirão do ano. Ao anunciar a medida, o vice-presidente da Caixa, Jorge Hereda, informou que o valor médio dos imóveis novos tem sido em torno de R$ 70 mil. Ele revelou que o movimento de contratações realizadas até o último dia 20 de abril representa mais do que o dobro dos negócios fechados no mesmo período do ano passado. Foram R$ 3,5 bilhões emprestados para a aquisição de 151 mil imóveis, volume financeiro que superou em 119% o total de R$ 1,6 bilhão do ano passado.

Para Hereda, a procura deve se manter aquecida e pode até ultrapassar o orçamento da instituição para este ano, de R$ 10,2 bilhões. “Acredito que possamos chegar a R$ 11 bilhões”, sinalizou. Segundo ele, a maioria dos financiamentos foi liberada para famílias com renda de até cinco salários mínimos. No ano passado, 77% dos contratos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ficaram concentrados nessa faixa e neste ano já alcançou 85%.

No próximo mês estão previstos feirões nas cidades de Campinas, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, no interior paulista, além dos municípios de Niterói e Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte e Uberlândia (MG), Brasília (DF), Salvador (BA), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Porto Alegre (RS). Além desses eventos, a instituição planeja promover de 40 a 50 pontos de vendas no interior do país.

Os interessados em mais informações sobre os planos de financiamento podem procurar uma das agências da CEF ou ligar para o número 0800-574 0101, das 7 às 20 horas, ou acessar o endereço da Caixa na internet: www.caixa.gov.br.