Cai para sete número de focos de incêndio em Roraima

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 18:39, por: cdb

Iniciativas tomadas por parte do governo federal e estadual no sentido de orientar pequenos produtores e agricultores familiares à suspensão de queimadas em seus territórios, aliadas à capacidade de resposta a curto prazo no combate ao fogo pelos 1.037 homens disponibilizados pelo governo federal, incluindo brigadistas do Ibama, bombeiros do estado e exército, e à chuva que ocorreu na última sexta feira (21), foram responsáveis pela redução de 400 para sete focos de incêndio no estado de Roraima, que há meses vem sofrendo os impactos das queimadas.

De acordo com o diretor de proteção ambiental do Ibama, Flávio Moutien, 40 agentes de fiscalização estão percorrendo os municípios e assentamentos rurais que ainda tenham alguma possibilidade de realizar queimada, alertando para os prejuízos desta prática.

Segundo ele, para os agricultores que cumprirem a suspensão da queimada e para os que já tiveram suas terras prejudicadas pelo fogo, serão dados benefícios, como uma bolsa alimentação e um seguro safra, adaptados às condições da Amazônia.

A proposta já foi discutida pela Casa Civil para identificar quais as categorias de agricultores serão beneficiadas por essa ação compensatória. O valor ainda não foi fixado.