Bush promulga lei de ajuda ao Iraque e Afeganistão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de novembro de 2003 as 18:00, por: cdb

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, promulgou nesta quinta-feira uma lei para destinar aos esforços militares e de reconstrução do Afeganistão e Iraque um fundo de ajuda adicional de US$ 87,5 bilhões. Ele considera que com esta ajuda complementar está demonstrando o espírito generoso de seu país e o compromisso de sua administração para converter o Oriente Médio em um lugar de segurança e paz no futuro.

Conforme Bush, este é o maior compromisso deste tipo desde o Plano Marshall de reconstrução da Europa Ocidental depois da Segunda Guerra Mundial. Ladeado pelos secretários de Estado, Colin Powell, e de Defesa, Donald Rumsfeld, o presidente agradeceu o apoio dos legisladores a um pacote de ajuda adicional que a Casa Branca considera fundamental para a estabilidade destes países. Sobretudo no caso do Iraque, onde continuam os ataques contra as tropas norte-americanas, o que fez intensificar nas últimas semanas as críticas contra o plano do Governo de Washington para o pós-guerra no Iraque depois da queda de Saddam Hussein.

A aprovação não foi fácil, dada a oposição dos democratas e de alguns parlamentares republicanos a que a ajuda para a reconstrução do Iraque -US$ 18,6 bilhões – fosse entregue a fundo perdido, em vez de em forma de empréstimo. “Estamos determinados a ver o sucesso do progresso e da paz nessa região”, declarou o presidente dos EUA.