Bush insiste que existe política coerente para o Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de outubro de 2003 as 18:30, por: cdb

Reagindo a críticas, o presidente George W. Bush garantiu ter uma política coerente para o Iraque pós-guerra, e que “a pessoa no comando aqui sou eu”. Depois de semanas de desacordos entre sua equipe de política externa e crescentes dúvidas sobre seus planos para o Iraque, Bush disse que os Estados Unidos estão “fazendo progressos muitos bons no estabelecimento de um Iraque livre”.

Recusando-se a definir prazos para a ocupação militar dos EUA, Bush afirmou: “A definição de quando sairemos é quando existir um Iraque livre e pacífico, baseado numa constituição e em eleições, e obviamente nós queremos que isso ocorresse o mais rápido possível”.

“Mas somos conscientes de que se precipitarmos o processo, poderiam ser criadas condições para um fracasso”, acrescentou. Na segunda fase de uma ofensiva de relações públicas, Bush espalhou sua mensagem em entrevistas para canais de televisão regionais.

Na semana passada, ele defendeu suas políticas para o Iraque em uma série de discursos, junto com o vice-presidente Dick Cheney e a conselheira de Segurança Nacional Condoleezza Rice.