Bush cria Czar do ciberespaço

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 10 de outubro de 2001 as 17:17, por: cdb

Um super-conselheiro com poderes para a fiscalização e monitoramento da Web nos Estados Unidos. Esse é uma descrição sucinta do novo cargo criado pelo presidente Bush, para coordenar as diversas iniciativas que estão sendo desenvolvidas com o objetivo de manter a segurança dos Estados Unidos – especificamente a infra-estrutura de sistemas – e que foi batizado como Conselheiro Presidencial para Segurança do Ciberespaço.

O escolhido para o cargoo é Richard Clarke, membro do Conselho de Segurança Nacional, que terá como principais tarefas a proteção do emaranhado de redes que compõem a infra-estrutura das agências do governo e dos setores privados, já que estudos recentes mostraram que órgãos e entidades de uma série de setores estão vulneráveis a ciberataques, incluindo os setores de tecnologia, telecomunicações, finanças e transporte.

O novo conselheiro vai trabalhar em parceria com cerca de 13 grupos que supervisionam o andamento dos sistemas governamentais e liderar ações coordenadas para restaurar a ordem, quando problemas forem detectados, segundo a Casa Branca.