Buscas em cratera de metrô são retomadas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 16 de janeiro de 2007 as 12:00, por: cdb

O engenheiro responsável do Consórcio Via Amarela, Márcio Pelegrini, informou nesta terça que as buscas às vítimas do acidente na linha 4 do Metrô foram retomadas perto das 11h da manhã. O tenente-coronel do Corpo de Bombeiros de São Paulo, Saulo Souza Azevedo, garantiu também que ao menos um dos corpos soterrados será resgatado ainda nesta terça.
 
O foco da operação está no corpo encontrado dentro do microônibus, que foi visto pela janela. Ainda não se pode afirmar se a vítima é homem ou mulher.
 
Os bombeiros haviam suspendido madrugada desta terça os trabalhos de busca na cratera, aberta na última sexta-feira nas obras da linha 4 depois de anúncio feito pelo responsável do Consórcio da Linha Amarela nas buscas, Marcio Pelegrini. O anúncio revoltou parentes das pessoas ainda desaparecidas que acompanhavam as buscas no local. Os familiares foram informados sobre a decisão pela imprensa, somente 30 minutos após a divulgação da informação.
 
Segundo o consórcio novas rachaduras foram detectadas no fim da tarde de segunda-feira nas paredes do túnel por onde as equipes tentam retirar a van soterrada deste a última sexta-feira.  Márcio Pelegrini informou ainda que o Corpo de Bombeiros só voltariam a trabalhar quando o consórcio Via Amarela declarasse  que existiriam condições de segurança para a retomada das buscas.
 
Está definido que o trabalho de escavação será ampliado para remover o entulho que está em volta da cratera. Para chegar até a van, os bombeiros estão construindo uma plataforma no túnel do Metrô. O veículo está a apenas dois metros da superfície. Pelo menos nove homens tentam chegar ao veículo pelo túnel.
 
Segundo o capitão Minoru, do Corpo de Bombeiros, é praticamente impossível encontrar alguém vivo. Ele afirmou que há um forte cheiro de material em decomposição. No entanto, ele disse os trabalhos continuam.