Britney Spears processa revista por calúnia envolvendo vídeo erótico

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 20 de dezembro de 2005 as 12:16, por: cdb

 A cantora Britney Spears abriu nesta terça-feira um processo contra a US Weekly por calúnia, acusando a revista de fabricar uma história de que ela e seu marido gravaram um vídeo de sexo explícito juntos e agora temiam que ele viesse a público. O processo, aberto na Corte Superior de Los Angeles por Spears e seu marido, o bailarino Kevin Federline, quer 10 milhões de dólares em indenizações pela matéria, publicada na coluna “HOTstuff” da revista em outubro. A US Weekly disse que mantém a sua história.

– A US Weekly tem uma fonte segura e mantemos nossa reportagem – disse uma porta-voz da revista.

Segundo o processo, a história foi publicada sob a manchete “Brit & Kev: Fita de Sexo Secreta? Os novos pais têm uma nova preocupação: Imagens picantes de 2004”. A revista divulgou que o casal disse aos advogados que “um membro de sua equipe havia ameaçado divulgar imagens picantes dos dois” e que Spears temia que “uma fita censurada com ela e o marido pudesse vier a público”, dizia o processo. A revista também disse que o casal deu uma cópia da fita para os advogados e assistiu-a com eles. O artigo apareceu um mês depois que Spears, de 24 anos, deu à luz seu primeiro filho. Ela e Federline, de 27 anos, se casaram em setembro do ano passado.

Spears alega que a história é falsa. que não há uma fita censurada, ninguém de sua equipe ameaçou divulgar nenhum vídeo e nenhum vídeo foi mostrado aos advogados do casal. O processo continua dizendo que a US Weekly se recusou a desdizer o artigo e “está, ao contrário, maliciosamente confirmando a história inventada”. O advogado de Spears, Martin Singer, teria dito ao site TMZ.com, o primeiro a divulgar a notícia do processo, que “Britney havia decidido tomar uma atitude para pôr um fim às pessoas que fabricam essas mentiras maliciosas sobre ela”.

Spears já vendeu mais de 60 milhões de álbuns desde que ganhou fama com o álbum “… Baby One More Time”, de 1999. No início deste ano, a rede de televisão UPN transmitiu um reality show sobre o namoro de Spears e seu casamento com Federline, baseado em vídeos caseiros filmados pela própria cantora.