Britânicos anunciam captura de general iraquiano perto de Basra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 30 de março de 2003 as 12:48, por: cdb

Fuzileiros navais da Grã-Bretanha capturaram cinco importantes líderes paramilitares do Iraque, incluindo um general e a morte de um coronel, na manhã deste domingo, enquanto realizavam uma operação numa aldeia a sudeste de Basra, no sul do país, informou o porta-voz militar britânico Al Lockwood.

“Nós aprisionamos importantes autoridades, com as quais, obviamente, queremos conversar”, disse o capitão Lockwood.

O porta-voz afirmou, também, que a força britânica vem enfrentando resistência desordenada na região.

“Não é algo previsível, a essa altura, mas nós estamos reagindo de acordo com cada incidente específico”, disse Lockwood.

Inicialmente, as forças britânicas encontraram uma forte defesa militar iraquiana, quando entraram na área, onde foram recebidos com tiros de cerca de 20 tanques T-55 e de artilharia pesada, segundo o repórter Dave Bowden, que acompanha essas tropas.

A defesa iraquiana, no entanto, foi desmantelada pela coalizão, cujo objetivo em Basra é erradicar a liderança militar, paramilitar e do governista Partido Baath, de acordo com Lockwood.

O porta-voz afirmou que até 250 paramilitares e membros do Baath foram mortos no sábado, quando aviões F-15E bombardearam um prédio em Basra, onde estariam escondidos seguidores de Saddam Hussein.

Camponeses da província de Basra, ainda segundo Lockwood, estão fornecendo informações úteis para a coalizão, que, por sua vez, está tentando conquistar “corações e mentes” de um número maior de habitantes da região, inclusive com a distribuição de alimentos e outros suprimentos básicos.